Covid-19

Há 230 casos suspeitos da doença de Kawasaki na União Europeia e no Reino Unido

Há 230 casos suspeitos da doença de Kawasaki na União Europeia e no Reino Unido

O Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças (ECDC) regista cerca de 230 casos de crianças com suspeitas da doença de Kawasaki associada à covid-19 na União Europeia (UE) e no Reino Unido.

"No total, cerca de 230 casos suspeitos desta nova síndrome inflamatória pediátrica (PIMS-TS) associada à covid-19 foram registados nos países da UE e da Área Económica Europeia (AEE), que inclui a Islândia, o Liechtenstein e a Noruega, e no Reino Unido em 2020", informou esta sexta-feira a agência europeia de saúde pública no seu boletim oficial, adiantando que já houve duas mortes, uma em França e outra no Reino Unido.

França regista 125 casos de PIMS-TS, mais de metade do total registado pelo ECDC.

Segundo o ECDC, os casos de PIMS-TS na Europa "estão a ser investigados", até porque, até ao momento "os estudos epidemiológicos mostram que as crianças parecem ser menos afetadas pela covid-19".

Nesta altura, apenas 2,1% de todos os casos de covid-19 confirmados pelos laboratórios sob a alçada do Sistema Europeu de Vigilância (TESSy) estava no grupo de idades compreendido entre os zero e os 14 anos.

A agência europeia salientou que, até à data, a associação entre esta inflamação multissistema e o SARS-CoV-2, o novo coronavírus que provoca a doença covid-19, ainda não foi estabelecida, apesar de vincar que "parece plausível" essa associação.

PUB

Ainda assim, o ECDC sublinha que o risco global da covid-19 nas crianças na UE, na AEE e no Reino Unido é considerado baixo, com base na baixa probabilidade de infeção da covid-19 e do moderado impacto da doença nas crianças.

Também o risco geral da PIMS-TS nos países que integram os mesmos blocos é considerado baixo, devido à probabilidade muito baixa de a doença se manifestar em crianças.

A agência europeia destacou que a gestão clínica destas 230 crianças tem "prioridade absoluta", assinalando que os dados que estão a ser recolhidos vão reforçar o conhecimento sobre esta condição rara, permitindo uma melhor análise dos casos detetados.

A PIMS-TS foi incluída na lista das possíveis complicações derivadas da covid-19, no âmbito do sistema de vigilância comunitário, informou o ECDC.

O único caso de síndrome inflamatória associado à covid-19 em Portugal foi uma criança que já recuperou, afirmou esta sexta-feira a diretora-geral da Saúde.

Na conferência de imprensa de acompanhamento da pandemia da covid-19, Graça Freitas indicou que o único caso em Portugal de síndrome semelhante à doença de Kawasaki, caracterizada por uma inflamação dos vasos sanguíneos, num caso de covid-19 foi comunicada ao ECDC e já apareceu nas suas estatísticas internacionais.

Os sintomas são febre alta, dores abdominais e problemas digestivos, erupção cutânea, conjuntivite e língua avermelhada, que incha e que fica com o aspeto de framboesa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG