Hamas

Hamas considera ataque em Israel "operação heroica"

Hamas considera ataque em Israel "operação heroica"

O movimento de resistência palestiniano Hamas considerou "uma operação heroica" o ataque registado em Telavive, em que pelo menos nove pessoas foram esfaqueadas por um palestiniano num autocarro.

"É uma operação heroica e uma reação natural ao terrorismo israelita", disse o porta-voz do Hamas, Sami Abu Zuhri, num comunicado divulgado pelos meios de comunicação social.

Um outro membro do movimento, Izat al Resheg, afirmou que o ataque foi a "resposta natural ao terrorismo da ocupação contra o povo" palestiniano.

O ataque ocorreu durante a hora de ponta matinal, no centro da capital comercial israelita.

A polícia, que considerou o atacante "um terrorista" ainda não divulgou a identificação do atacante, de 23 anos e oriundo de Tulkarem, na Cisjordânia.

Vários elementos das forças de segurança israelitas deslocaram-se imediatamente para a zona, onde dominaram o atacante com um tiro numa perna e o detiveram, disse um porta-voz da polícia, Micky Rosenfeld.

Este foi o primeiro ataque em Telavive desde meados de novembro, quando um soldado israelita foi esfaqueado até à morte por um palestiniano.

Outras Notícias