Mundo

Helicóptero cai em cima de pub na Escócia

Helicóptero cai em cima de pub na Escócia

Um helicóptero despenhou-se esta sexta-feira num bar na cidade escocesa de Glasgow. Oito pessoas morreram e 32 ficaram feridas no acidente.

O acidente ocorreu durante um concerto a que assistiam dezenas de pessoas, que saíram em pânico do pub.

As autoridades confirmaram a existências de 32 feridos e de uma vítima mortal, mas, mais tarde, anunciaram que mais sete pessoas tinham morrido no acidente.

A BCC dá conta que a polícia conseguiu comunicar com pessoas que ainda estavam este sábado de manhã retidas dentro do bar e que as autoridades estão a proceder com precaução dada a insegurança do edifício, depois da queda do aparelho.

Entretanto, também o primeiro-ministro britânico, David Cameron, expressou solidariedade com os envolvidos, através de uma mensagem no Twitter, dizendo: "Os meus pensamentos estão com todos os afetados pelo desastre de helicóptero em Glasgow e com os serviços de socorro que estão a trabalhar esta noite".

De acordo com um 'tweet' [mensagem enviada pelo Twitter] do deputado Trabalhista Jim Murphy, que estava no local quando o helicóptero caiu em cima do telhado do bar Clutha Vaults, "várias pessoas" saíram a correr do pub.

Imagens nas redes sociais sobre o acidente mostram entre os destroços um helicóptero azul escuro no telhado, com uma inscrição em amarelo a dizer polícia.

Entretanto, a polícia enviou uma mensagem pela rede social Twitter dizendo: "Os nossos pensamentos estão com a tripulação do helicóptero 'policescotland SP99' que caiu em Glasgow - esperamos que todos estejam bem".

O acidente aconteceu num dia em que o bar estava cheio, por ocasião do dia nacional de St. Andrew da Escócia, que é celebrado a 30 de novembro.

"Este é um pub bem conhecido em Glasgow. Isso é horrível, mas terminou bem para as pessoas que estão aqui [fora]. Eles formaram uma corrente humana para sair do bar e os bombeiros chegaram muito rapidamente ", disse o deputado Trabalhista, citado pela agência noticiosa AFP.

"Não houve fogo e eu não ouvi qualquer explosão. [O helicóptero] caiu como uma pedra. O aparelho parecia ter avariado", disse Gordon Smart, jornalista da edição escocesa do jornal Sun.

Outra testemunha, Fraser Gibson, de 34 anos, estava dentro do bar com o seu irmão para ver a banda Experanza.

"A meio da sua atuação parecia ter havido uma grande explosão", disse Gibson à BBC Scotland, acrescentando: "Parte do espaço ficou coberto de pó. Não sabíamos o que tinha acontecido, depois houve pânico e as pessoas tentaram sair pela porta".