Religião

Hóstias sem glúten proibidas pelo Vaticano

Hóstias sem glúten proibidas pelo Vaticano

As hóstias usadas na celebração das missas católicas não podem ser isentas de glúten, mas podem ser feitas com produtos geneticamente modificados, alertou o Vaticano.

Numa carta enviada aos bispos, o cardeal Robert Sarah informou que as hóstias podem ter uma percentagem baixa de glúten, mas tem existir proteína do trigo suficiente para que estas se mantenham inteiras sem ser necessário recorrer a aditivos.

As regras foram divulgadas porque as hóstias são agora vendidas em supermercados e na Internet, sendo necessário definir as regras para tenham "validade para a eucaristia", refere o texto.

A Congregação para o Culto Divino e Disciplina dos Sacramentos estabelece ainda que as hóstias feitas "com organismo geneticamente modificados podem ser consideradas válidas".

Sobre o vinho usado na missa, a carta enviada pelo Vaticano, a pedido do Papa Francisco, indica que este "tem de ser natural, da uva, puro, incorrupto e não misturado com outras substâncias".

Outras Notícias