Polícia

Identificado em Itália grupo de 20 jovens que partilhava pornografia infantil

Identificado em Itália grupo de 20 jovens que partilhava pornografia infantil

As autoridades italianas disseram este sábado que identificaram um grupo de 20 adolescentes que partilhavam, nos seus telemóveis, pornografia infantil e vídeos da 'dark web' de suicídios e mutilações.

A polícia disse que foram avisados das imagens, pela mãe de um rapaz de 15 anos, na cidade de Lucca, na Toscânia, que as encontrou no telemóvel do seu filho.

A polícia disse que descobriu um "número exorbitante" de vídeos a serem trocados através do WhatsApp, Telegram e outras aplicações de mensagens instantâneas.

Através de um comunicado, a polícia postal esclarece que, para além da pornografia, os jovens também trocavam vídeos sangrentos da 'dark web'. Em Itália, a polícia postal investiga crimes cometidos por correspondência, seja pelo correio ou internet.

Ao todo, foram identificados 20 menores, com idades entre os 13 e os 17 anos, que partilhavam imagens, e a polícia diz que as investigações continuam a encontrar mais pessoas envolvidas.

Os jovens continuam em liberdade e aguardam sentenças sobre posse e partilha de pornografia infantil, bem como incitação agravada para cometer crimes.