Kenosha

Identificado o polícia que baleou Jacob Blake

Identificado o polícia que baleou Jacob Blake

Já foi identificado o polícia de Kenosha, no estado do Wisconsin, nos EUA, que, no passado domingo, disparou sete vezes contra Jacob Blake, pelas costas. Episódio gerou onda de revolta que levou a população para as ruas da cidade, em protesto contra o racismo e o abuso de força policial.

Trata-se de Rusten Sheskey, há sete anos naquele departamento da polícia, segundo avança o jornal The Guardian. Um vídeo amador mostra o momento em que o afro-americano Jacob Blake, de 29 anos, se dirige para o carro, onde se encontravam os seus três filhos, e é baleado sete vezes pelo agente, à queima-roupa.

A família de Blake diz que ele está consciente, mas deverá ficar paralisado da cintura para baixo. Segundo Ben Crump, advogado de direitos civis que representa a família de George Floyd (afro-americano que morreu asfixiado pelo joelho de um polícia em maio passado, em Minneapolis), a vítima estaria, na altura, a tentar apaziguar uma discussão entre duas mulheres.

O jornal britânico adianta que o Departamento de Justiça acrescentou um novo dado à história: o de que Jacob Blake teria uma faca no interior do veículo, onde entrou momentos antes de ser baleado. A polícia alega ainda que, antes dos disparos, teria tentado usar o taser, sem sucesso.

A testemunha que gravou o momento em vídeo, acrescenta o The Guardian, diz ter ouvido os agentes a gritarem "Larga a faca, larga a faca!", ainda que reconheça não ter visto qualquer faca nas mãos de Blake.

PUB

Numa das três noites de protestos, um jovem de 17 anos, Kyle Rittenhouse, disparou contra algumas pessoas, matando duas e ferindo uma terceira, com uma arma de fogo de grande calibre. Donald Trump anunciou, entretanto, o envio de reforços policiais e militares da Guarda Nacional para travar as "pilhagens" e a "anarquia" em Kenosha.

"Vou enviar polícias federais e a Guarda Nacional para Kenosha para restabelecer a LEI e a ORDEM!", escreveu, esta quarta-feira, no Twitter. Foi a primeira reação do presidente dos Estados Unidos ao episódio de violência que deixou Jacob Blake gravemente ferido.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG