Mundo

Impasse orçamental ameaça paralisar Governo dos EUA

Impasse orçamental ameaça paralisar Governo dos EUA

O presidente dos Estados Unidos (EUA), Barack Obama, reúne com dirigentes do Congresso para procurar uma saída do impasse orçamental que ameaça paralisar o governo norte-americano, noticia a AFP.

Obama, que se encontra em Nova Iorque, deverá reunir-se, quando regressar a Washington, com o presidente republicano da Câmara dos Representantes, John Boehner, e o chefe da maioria democrata do Senado, Harry Reid, juntamente com o vice-presidente Joe Biden, no Gabinete Oval da Casa Branca, informou a presidência norte-americana.

O início do encontro estava agendado para as 20.45 (1.45 horas em Lisboa).

A reunião será centrada "nas negociações em curso sobre a lei das finanças para o fim do ano orçamental", que acaba no fim de Setembro.

Segundo o porta-voz de Obama, Jay Carney, o Presidente convocou a reunião porque entende que "os progressos têm sido insuficientes" nas negociações que têm existido.

Há semanas que os congressistas discutem o nível das despesas, mas têm um prazo para encontrar um acordo sobre o financiamento dos serviços do Estado federal, sem o que os serviços não essenciais encerrarão.

Obama preveniu contra tal cenário, alertando que a paralisia do Estado penalizaria a recuperação económica, e exortou os eleitos a comportarem-se como "adultos".

Cerca de 800 mil empregados do Estado federal podem ser suspensos se o congresso não aprovar o orçamento até sexta-feira.

Para o conjunto do exercício orçamental em curso, os republicanos exigem uma redução de despesas de 61 mil milhões de dólares e os democratas aceitam uma redução das despesas de 33 mil milhões de dólares.