Espanha

Incêndio da serra da Estrela cobriu Madrid de fumo e cheiro a queimado

Incêndio da serra da Estrela cobriu Madrid de fumo e cheiro a queimado

O fumo proveniente dos incêndios na Serra da Estrela e mercê das condições de vento, está a lançar o pânico em diversas cidades espanholas incluindo Madrid, a cerca de 260 quilómetros. As autoridades desdobram-se em comunicados a tranquilizar a população, assustada com o fumo e o cheiro a queimado.

A imprensa espanhola faz eco das preocupações da população, e o "El País", na sua edição desta terça-feira, escreve que "o céu do centro da capital está coberto por uma neblina branca, o que dificulta a visão".

Mas por toda a Castilla La Mancha o cenário é o mesmo, com Ciudad Rodrigo e Salamanca envoltas num manto espesso de fumo dos incêndios em Portugal, obrigando as autoridades a tranquilizar as populações, que têm entupido as linhas telefónicas de emergência.

PUB

De acordo com declarações àquele jornal de Rubén del Campo, porta-voz da AEMET (Agência Estatal de Meteorologia), "o fumo e o forte cheiro a queimado chegaram a Espanha devido ao forte vento que sopra de oeste".

Também Javier Chivite, responsável pela comunicação das Emergências 112 da Comunidade de Madrid, explicou que "as circunstâncias atmosféricas e meteorológicas ajudaram a fumaça a ter viajado até aqui. É uma questão técnica. O ar sobe para as camadas superiores da atmosfera e a fumo corre muito rápido".

Segundo o jornal espanhol, "o número de emergência desta autonomia [Madrid] recebeu dezenas de chamadas durante a manhã de diversos pontos da região, em que nenhum incêndio estava ativo".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG