Fogo

Incêndio em centro comercial nas Filipinas causa 37 mortos

Incêndio em centro comercial nas Filipinas causa 37 mortos

Pelo menos 37 pessoas terão morrido num incêndio num centro comercial em Davao, no sul das Filipinas, informou hoje a autarquia local, que divulgou uma lista dos desaparecidos no edifício e estimou "zero probabilidades" de sobreviventes.

O vice-presidente da autarquia de Davao e filho do presidente filipino, Paolo Duterte, divulgou, no Facebook, uma lista com 37 nomes dos desaparecidos no incêndio neste centro comercial, com quatro pisos.

Citando a proteção civil local, Paolo Duterte assinala que "as probabilidades de encontrar sobreviventes são zero".

De acordo com a agência noticiosa AFP, que cita fonte da polícia municipal, o fogo terá deflagrado ao início da madrugada de domingo (mais oito horas do que em Lisboa).

"O incêndio afetou o terceiro andar do edifício, onde havia produtos como têxteis, móveis de madeira e produtos de plástico, o que fez com que as chamas se espalhassem rapidamente, dificultando a sua extinção", precisou a mesma fonte.

Naquele edifício, funciona um 'call center' aberto 24 horas, local onde as autoridades acreditam que estava grande parte das vítimas mortais.

A cidade de Davao, localizada a cerca de mil quilómetros de Manila (a capital), é a maior cidade do sul das Filipinas.

PUB

As Filipinas estão a ser afetadas pela tempestade tropical Tembin, no sul do país, com o mais recente balanço oficial a dar conta de 182 vítimas mortais.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG