O Jogo ao Vivo

Ucrânia

Incêndio em paiol perto da fronteira obriga a evacuar duas aldeias russas

Incêndio em paiol perto da fronteira obriga a evacuar duas aldeias russas

Duas aldeias russas foram, esta quinta-feira, evacuadas devido a um incêndio que deflagrou num paiol situado perto da fronteira com a Ucrânia, anunciaram as autoridades locais.

Este incêndio surge alguns dias após explosões numa base militar e num depósito de munições na Crimeia, península ucraniana anexada pela Rússia em 2014, acusando Moscovo neste último caso Kiev de um ato de "sabotagem".

"Um depósito de munições incendiou-se perto da aldeia de Timonovo", situada a menos de 50 quilómetros da fronteira ucraniana, na província de Belgorod, declarou o governador da região, Viatcheslav Gladkov, em comunicado.

PUB

Não se registaram vítimas, mas os habitantes de Timonovo e da aldeia vizinha, Soloti, foram "deslocados para uma distância segura", prosseguiu, acrescentando que as autoridades estão a investigar as causas do incêndio.

Num vídeo divulgado nas redes sociais, podia ver-se uma enorme bola de fogo de onde se elevava uma espessa coluna de fumo negro. Noutro vídeo, eram visíveis ao longe várias explosões sucessivas.

O incêndio de hoje surgiu no contexto de uma série de explosões que têm atingido instalações militares russas próximas da Ucrânia.

No início de agosto, a explosão de munições destinadas à aviação militar perto do aeródromo militar de Saki, na Crimeia, fez um morto e vários feridos.

Alguns dias depois, foi um paiol na Crimeia que foi alvo de explosões. Neste caso, Moscovo admitiu - facto raro - ter-se tratado de um "ato de sabotagem".

Desde o início da guerra russa na Ucrânia, a 24 de fevereiro, Moscovo acusou várias vezes as forças ucranianas de terem efetuado ataques ao seu território, em particular na região de Belgorod.

No mês passado, caíram mísseis na cidade de Belgorod, capital da província homónima, fazendo quatro mortos, segundo as autoridades locais.

No início de abril, Gladkov acusou a Ucrânia de ter efetuado um ataque a um depósito de combustível em Belgorod com dois helicópteros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG