Mundo

Índia diz ter sido vítima de ciberataque chinês contra rede de energia

Índia diz ter sido vítima de ciberataque chinês contra rede de energia

A Índia afirmou, esta quarta-feira, ter sido vítima de um ataque cibernético por parte de hackers chineses contra a sua rede elétrica, perto da fronteira entre os dois países mais populosos do mundo.

"Duas tentativas de hackers chineses sem sucesso visaram a rede de distribuição de energia perto de Ladakh", afirmou o ministro da Energia, R.K. Singh, em Nova Deli.

A Índia implementou um sistema de defesa para evitar tais ataques cibernéticos, segundo o ministro.

Na quarta-feira, a organização baseada nos Estados Unidos especializada em inteligência Research Future tinha assinalado que a rede elétrica da Índia tinha sido sujeita a sete ataques nos últimos meses.

O porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros chinês, Zhao Lijan, negou que a China tivesse lançado esses ataques. "Nunca iremos apoiar tais atividades", disse.

Quase um ano e meio após os confrontos na região de Ladakh terem deixado pelo menos 20 soldados indianos e quatro chineses mortos, a Índia reforçou a sua defesa ao longo da fronteira que separa Arunachal Pradexe do Tibete, uma zona de alta tensão com a China.

As duas nações nucleares rivais enviam regularmente patrulhas para áreas reclamadas ou controladas pela outra.

PUB

A Índia acusa também a China de estabelecer colonatos permanentes perto da sua fronteira.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG