Mundo

Inglês pagou mais de mil euros por ir sem bilhete no comboio

Inglês pagou mais de mil euros por ir sem bilhete no comboio

Um inglês foi condenado a pagar cerca de 800 libras, o que dá mais de mil euros, por ter viajado num comboio da companhia Great Western Railway sem bilhete. Se o tivesse comprado, teria pago apenas 2,70 libras (cerca de 3,5 euros).

O caso remonta a junho passado. Andrew Davies, de 49 anos, foi apanhado num comboio em Paington, Devon (Sudoeste de Inglaterra) sem título de viagem. Condenado por um tribunal de Torbay, teve de pagar uma multa, as custas judiciais e, ainda, o preço do bilhete. Tudo somado, foram quase 800 libras.

Davies foi uma das 19 pessoas que, durante esta semana, se viram obrigadas pelo tribunal a desembolsar um total de 12 mil libras (à volta de 15.600 euros) em multas, na maior parte dos casos por viajar sem o respetivo bilhete.

Quando apanhado por um fiscal da Great Western Railway sem título, o passageiro é multado e obrigado no imediato a liquidar o valor, que é bastante mais elevado do que o custo normal da viagem. Se não o fizer, o caso segue para tribunal e a fatura torna-se bem mais pesada.

De acordo com um porta-voz da companhia, que detém uma das maiores e mais complexas redes de caminho-de-ferro do Reino Unido, o setor tem um prejuízo anual de 240 milhões de libras (mais de 300 milhões de euros) só em casos de não pagamento de bilhete.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG