EUA

A comovente despedida de um menino à irmã mais nova com cancro

A comovente despedida de um menino à irmã mais nova com cancro

Adalynn morreu a 3 de junho, com quatro anos, após dois anos de luta contra um tumor cerebral. A imagem da despedida do irmão Jackson, de seis anos, tornou-se viral nas redes sociais.

A história de Addy, como era carinhosamente chamada, foi narrada pelo pai num grupo do Facebook que a família criou. "Hope for Addy" tornou-se uma comunidade de apoio com mais de sete mil pessoas, onde era partilhado o dia-a-dia da criança do Arkansas, EUA.

A fotografia da despedida do irmão, Jackson, de seis anos, foi publicada no dia 3 de junho, dia em que a menina perdeu a batalha de dois anos contra um cancro cerebral. Na imagem vê-se a menina a segurar o braço do irmão e ele a fazer-lhe uma festinha na cabeça. "Um menino pequeno não deveria ter de dizer adeus à sua companheira, melhor amiga e irmã mais nova. Não é suposto ser assim", pode ler-se na publicação de Matt Sooter, pai de ambos.

Algumas horas depois da publicação da fotografia dos irmãos, Matt Sooter anunciou no grupo do Facebook a morte de Addy. "A nossa doce menina recebeu a cura milagrosa pela qual todos nós estávamos a rezar há tanto tempo e correu para os braços de Jesus. Ela passou desta vida para a próxima da mesma forma que viveu: teimosamente, mas também pacificamente, e cercada pela família", escreveu.

Atualmente, o grupo "Hope for Addy" é um espaço de homenagem à menina, que sofria de um glioma pontino intrínseco difuso, um tipo de cancro raro no tronco encefálico, a parte do cérebro que controla a respiração, a frequência cardíaca, os nervos e os músculos que permitem ver, ouvir, caminhar, falar e comer.

ver mais vídeos