EUA

Aeroporto de Miami encerra terminal devido a paralisação do governo

Aeroporto de Miami encerra terminal devido a paralisação do governo

O aeroporto internacional de Miami, nos EUA, vai fechar um dos seus terminais, este fim de semana, devido à paralisação parcial do governo, afirmou esta sexta-feira o porta-voz.

Hoje, dia de pagamento, os vigilantes aeroportuários não receberam o seu cheque salarial, devido à paralisação parcial do governo dos EUA, e muitos deles estão a ausentar-se ao serviço, declarando estar doentes.

Perante a insuficiência de funcionários, o aeroporto de Miami não consegue manter o funcionamento normal dos 11 postos de controlo e as autoridades de transportes decidiram encerrar o terminal G, durante várias horas, ao longo dos próximos dois dias.

O porta-voz do aeroporto, Greg Chin, reconheceu que vários passageiros se têm queixado de longas filas de espera, nos postos de controlo, mas diz que o aeroporto tem conseguido evitar atrasos nos voos.

O Presidente dos EUA, Donald Trump, não assina o orçamento de diversas agências federais enquanto o Congresso não aprovar o financiamento da construção de um muro ao longo da fronteira com o México, levando a uma paralisação parcial do governo, que já dura há 21 dias.