Mundo

Afeganistão: 29 presumíveis rebeldes mortos numa operação em Kapisa

Afeganistão: 29 presumíveis rebeldes mortos numa operação em Kapisa

Vinte e nove presumíveis rebeldes foram mortos durante três dias de operações na província de Kapisa, a nordeste Cabul, durante os quais um soldado francês também perdeu a vida, revelou a força da NATO no Afeganistão.e

"O exército nacional afegão, apoiado pela Força internacional de assistência à segurança (ISAF) enfrentou grupos de rebeldes na província de Kapisa a 14 de Março", indicou a ISAF num comunicado.

"Os combates iniciaram-se quando as forças afegãs e da ISAF protegiam os pontos-chave do vale de Alasay, eliminando progressivamente qualquer resistência ao longo da estrada, com a ajuda da artilharia e de um apoio aéreo", acrescentou.

"A 16 de Março, a Força estima que 29 inimigos foram mortos. Um soldado da ISAF também foi morto durante a operação", precisou a ISAF.

O Estado-maior das Forças Amadas francês anunciou sábado a morte de um cabo do 27º batalhão de caçadores alpinos franceses, morto por um disparo de um foguete.

Segundo um porta-voz do Estado-maior, um batalhão do exército afegão e 400 militares franceses estavam envolvidos nesta operação, apoiada por "importantes meios aéreos da coligação, drones Predator, caças A10 e F15 e helicópteros Kiowa".

Helmand é o principal bastião dos talibãs e o principal centro de produção de ópio no Afeganistão.

As violências dos rebeldes afegãos, entre os quais os talibãs, afastados do poder no fim de 2001 por uma coligação liderada pelos Estados Unidos, redobraram de intensidade há dois anos apesar da presença de 75.000 soldados estrangeiros.

ver mais vídeos