Estudo

Gatos podem ser tão espertos como os cães

Gatos podem ser tão espertos como os cães

Foto Maxim Shemetov/reuters

Cientistas japoneses concluíram que os gatos são tão bons como os cães em certos testes de memória, sugerindo que podem ser tão inteligentes como os caninos.

A equipa liderada por Saho Takagi, psicóloga da Universidade de Kyoto, testou 49 gatos domésticos e a sua capacidade para recordar qual a tigela onde já tinham comido e qual a que estava vazia, após um intervalo de 15 minutos. E verificaram que os gatos adquiriram a informação sobre "o quê" (comida) e "onde" (tigela), sugerindo que têm memória episódica.

Ou seja, os felinos guardam memórias de boas experiências, como por exemplo, de terem comido o seu aperitivo favorito.

Os cientistas acreditam que esta recordação será mais longa do que o intervalo de 15 minutos estudado.

Os seres humanos costumam recordar eventos passados, como o primeiro dia de trabalho ou o casamento de um familiar. São memórias individuais de um momento, únicas para cada indivíduo, conhecidas como memória episódica.

Saho Takagi diz que os gatos, tal como os cães, usam memórias de uma experiência no passado, o que sugere que têm memória episódica, tal como os humanos. "A memória episódica está associada à função introspetiva da mente. O nosso estudo indicia [a existência de] um tipo de consciência nos gatos", disse à BBC.

"Uma ideia interessante é que eles [os gatos] podem gostar de relembrar memórias das suas experiências como os humanos", explicou.

Os investigadores dizem que os gatos igualam os cães em diversos testes mentais, incluindo a resposta a gestos humanos, expressões faciais e emoções.

"Aprofundar o conhecimento sobre os gatos ajuda a melhorar as relações entre gatos e humanos", justifica a psicóloga. "Os gatos podem ser tão inteligentes como os cães, contrariando a ideia de que os cães são muito mais espertos", concluiu.