Santa Helena

Aeroporto mais inútil do Mundo foi inaugurado

Foto Andrew Neaum/wikipedia/creative Commons

Foto Ed Cropley/reuters

Foto Ed Cropley/reuters

O controverso aeroporto da ilha britânica de Santa Helena, situada no Atlântico Sul, foi inaugurado no sábado com o primeiro voo comercial.

A ilha, com 122 quilómetros quadrados e cerca de 4300 habitantes, é considerada um dos dos locais mais isolados do Mundo e, por isso mesmo, chegou a ser utilizada como prisão.

Santa Helena é uma ilha sem praia. A maior parte do território litoral é rochoso e a única saída, antes do polémico aeroporto, é através da capital, Jamestown.

Até agora, o acesso sempre foi feito por barco. Desde a década de 30 do século passado que se falava na construção de um aeroporto, mas a obra sempre foi sendo adiada, uma vez que complexidade do território, extremamente rochoso, implicaria um orçamento elevado.

E assim foi. Vários imprevistos, obstáculos e 285 milhões de libras depois, o aeroporto tornou-se uma realidade em 2016, apesar da forte contestação vinda do Reino Unido, em época de austeridade. Nos média, acabou por ser considerado "o aeroporto mais inútil do Mundo".

A inauguração acabaria por ser adiada sucessivamente, devido a questões de segurança, uma vez que é um local onde se cruzam frentes de vento forte. Até este sábado, com a aterragem segura do primeiro voo comercial.

Curiosamente foi um navegador galego ao serviço de Portugal, João da Nova, que descobriu a ilha em 1501. O primeiro habitante foi o soldado português Fernão Lopes. Mas acabaria por ser o Reino Unido a colonizar Santa Helena, onde, exilado, morreu Napoleão Bonaparte.