tragédia

Árbitro matou jogador e foi esquartejado pelos espetadores

Árbitro matou jogador e foi esquartejado pelos espetadores

Um jogo de futebol entre amadores, no Maranhão, Brasil, acabou em violência. Um árbitro esfaqueou um jogador que expulsara e acabou esquartejado pelo público.

Um jogo de futebol entre amadores, no Maranhão, nordeste do Brasil, terminou em tragédia com a morte de um jogador e um árbitro, no domingo.

De acordo com a polícia, os crimes ocorreram a cerca de 300 quilómetros de São Luís do Maranhão, na localidade de Centro do Meio, no município de Pio XII. A tragédia precipitou-se após a expulsão de um jogador.

Josenir dos Santos, de 30 anos, terá ficado desagradado com a decisão do juiz da partida, Otávio Jordão da Silva, de 20 anos. Na discussão ente atleta e árbibtro, este puxou de uma faca que trazia à cintura e esfaqueou o futebolista no peito. O jogador, em perigo de vida, faleceu quando já seguia a caminho do hospital.

O público reagir e saltou para o campo em perseguição do árbitro, que acabou por ser amarrado e apedrejado até à morte. Já cadáver, foi esquartejado e decapitado.

Segundo o portal de notícias "Uol", no final do incidente a cabeça do juiz foi pendurada numa estaca, enquanto algumas pessoas que assistiam filmavam os acontecimentos com os respetivos telemóveis. O site da Rádio Globo publicou as imagens, que não são recomendáveis às pessoas mais sensíveis.

A Polícia Civil da 7ª Delegacia Regional de Santa Inês, no Maranhão, diz que vai proceder à visualização de todas as imagens possíveis para tentar identificar os suspeitos do crime.

"Vamos identificar e deter todos os envolvidos. Um crime nunca vai justificar o outro. Ações como esta não se coadunam com a legalidade de um estado de direito", afirmou o porta-voz da polícia.

O caso já chegou à imprensa internacional, que volta a levantar a questão de insegurança no Brasil, país que recebe o Mundial de Futebol em 2014 e os Jogos Olímpicos em 2016.