Mundo

Arqueólogos encontram templo do reinado da Judeia

Arqueólogos encontram templo do reinado da Judeia

Arqueólogos israelitas descobriram um templo e figuras provavelmente utilizadas na prática religiosa de culto há mais de três mil anos, anunciou esta quarta-feira o departamento de antiguidades israelita.

Os restos arqueológicos foram encontrados em Tel Motza, a alguns quilómetros a oeste de Jerusalém, durante as escavações realizadas antes da construção de uma autoestrada que liga Jerusalém a Telavive.

"O edifício de culto de Tel Motza é uma descoberta surpreendente e inesperada porque não há vestígios de lugares de culto do período do reino da Judeia", declararam os diretores das escavações num comunicado.

Esta descoberta é uma prova rara das práticas religiosas fora de Jerusalém durante a antiga monarquia do reino judeu da Judeia, afirmou à agência noticiosa francesa AFP Anna Eirikh, que codirige as escavações.

Os vestígios datam do século IX e X antes de Jesus Cristo, do período da existência do primeiro templo de Jerusalém.

Os vestígios sugerem que os judeus na época conservaram certas práticas religiosas de culto, paralelamente à prática dominante do judaísmo no templo de Jerusalém, declarou a responsável.

"É muito interessante ver estes objetos religiosos e este templo tão perto de Jerusalém", acrescentou.

Os objetos incluem cerâmicas, fragmentos de cálices e de animais.