Malásia

Asa de avião apareceu numa praia, Malásia vai analisar

Asa de avião apareceu numa praia, Malásia vai analisar

A Malásia enviou uma equipa de especialistas à ilha francesa da Reunião, no Oceano Índico, para verificar se um destroço poderia fazer parte do avião desaparecido em março de 2014.

A peça encontrada, com dois metros de comprimento, que parece ser parte de uma asa do avião, foi encontrada por algumas pessoas que estavam a limpar uma praia na ilha francesa da Reunião, no Oceano Índico.

O aparecimento deste resíduo desencadeou de imediato especulação sobre a eventualidade de pertencer ao aparelho da Malaysia Airlines que desapareceu durante o voo MH370.

"Qualquer destroço aparecido precisa de ser analisado antes de podermos confirmar se pertence ao MH370", disse o ministro dos Transportes, Liow Tiong Lai, aos jornalistas em Nova Iorque.

Funcionários dos transportes aéreos franceses abriram uma investigação sobre a origem da peça.

Até hoje o aparelho não foi encontrado. As autoridades malaias declararam em janeiro que consideravam todos os passageiros como mortos.

O avião desapareceu durante a noite, quando sobrevoava o Mar do Sul da China, depois de ter mudado de rota, quando se dirigia de Kuala Lumpur para Pequim, com 239 pessoas a bordo.