Reino Unido

Assange condenado a 11 meses de prisão por violar liberdade condicional

Assange condenado a 11 meses de prisão por violar liberdade condicional

Julian Assange foi, esta quarta-feira, condenado por um juiz britânico a mais de 11 meses de prisão por ter violado a liberdade condicional quando pediu asilo na embaixada do Equador em Londres, em junho de 2012.

O fundador da WikiLeaks, detido no passado dia 11 de abril, ao fim de sete anos refugiado na embaixada equatoriana, ouviu hoje a leitura da sentença num tribunal em Southwark (Southwark Crown Court), Londres, segundo o "The Guardian". Deverá cumprir a sentença na prisão de Belmarsh, sul da capital britânica.

O australiano pediu asilo na embaixada do país sul-americano em Londres para evitar a extradição para a Suécia, onde era procurado por crimes sexuais.

Assange deverá ser presente novamente a tribunal, na quinta-feira, em Westminster, no âmbito de um pedido de extradição feito pelos Estados Unidos, cujas autoridades acusam o programador de conspirar para invadir um sistema de computador do Pentágono.