EUA

Assistentes de bordo salvam cão com dificuldade em respirar

Assistentes de bordo salvam cão com dificuldade em respirar

Darcy, uma buldogue francesa de três anos, estava num voo de ligação entre a Florida e Massachusetts, nos EUA, na passada quinta-feira, quando começou a ter dificuldade em respirar.

A cadela já tinha a língua e as gengivas azuis quando dois assistentes de bordo apareceram para acudir o animal com uma máscara de oxigénio e gelo, segundo o "New York Post".

No Facebook, uma amiga da dona, Michele Burt, divulgou a história da tripulação que salvou o animal de estimação. "Todos somos afetados pela mudança de pressão da cabine: pessoas, cães, gatos, etc... Mas o facto de os comissários serem recetivos e atentos à situação pode ter salvado a vida de Darcy", escreveu.

Depois de lhe ter sido colocada a máscara de oxigénio, Darcy melhorou e, poucos minutos depois, já nem queria usar o aparelho.

A mensagem escrita pela dona foi enviada à companhia aérea JetBlue, com agradecimentos a Renaud e Diane, os dois comissários de bordo que salvaram a cadela, "por fazerem o trabalho deles e serem seres humanos incríveis".

Os cães de raça buldogue podem ter problemas respiratórios, sendo que algumas companhias aéreas proíbem que os animais viajem nos aviões. Desde o incidente, Darcy já recuperou por completo.

ver mais vídeos