Holanda

Ataque com faca em Amesterdão tinha "motivação terrorista"

Ataque com faca em Amesterdão tinha "motivação terrorista"

O jovem afegão que esfaqueou com gravidade dois cidadãos norte-americanos em Amesterdão, na sexta-feira, terá agido com "motivação terrorista", indicou este sábado o presidente daquele município holandês.

"Aparentemente o agressor tinha motivação terrorista", declarou o presidente da Câmara Municipal local em comunicado.

Os dois cidadãos que ficaram gravemente feridas num ataque com uma arma branca perpetrado na gare central de Amesterdão são cidadãos norte-americanos, segundo confirmação na sexta-feira do embaixador dos Estados Unidos na Holanda, Pete Hoekstra, num comunicado.

As autoridades holandesas confirmaram, na altura, que as duas vítimas sofreram ferimentos graves, mas não correm perigo de vida.

Antes, a polícia holandesa anunciara que tinha disparado e ferido um suspeito depois de um esfaqueamento na gare central de Amesterdão. O suspeito foi identificado como sendo um jovem afegão, de 19 anos.

As autoridades holandesas iniciaram de imediato o interrogatório do suspeito detido para estabelecer o motivo do ataque, por forma a avaliar se se tratou de ato terrorista.

A gare central de Amesterdão é um movimentado ponto de entrada e de saída daquela reconhecida cidade holandesa, de onde partem e chegam comboios regulares que fazem a ligação com o aeroporto de Schipol.

Cerca de 250.000 pessoas passam diariamente pela gare, segundo números do guia de viagem Amsterdam.info.

ver mais vídeos