ONU

Ban Ki-moon considera Guterres "uma excelente escolha"

Ban Ki-moon considera Guterres "uma excelente escolha"

O atual secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, considerou que o antigo primeiro-ministro português António Guterres foi "uma excelente escolha" para a sua sucessão.

"Conheço muito bem Guterres e considero que representa uma excelente escolha", declarou Ban Ki-moon aos jornalistas à margem de um encontro com o presidente italiano, Sergio Mattarella, em Roma.

Guterres, que entre 2005 e 2015 assumiu o cargo de Alto-comissário da ONU para os Refugiados, "demonstrou uma forte compaixão por milhões de pessoas forçadas a deixarem as suas casas", acrescentou Ban Ki-moon.

"A sua anterior experiência de primeiro-ministro de Portugal [1995-2002], o seu vasto conhecimento dos assuntos mundiais e a sua viva inteligência vão ser-lhe muito úteis para dirigir as Nações Unidas num período crucial", considerou ainda.

O antigo primeiro-ministro português António Guterres foi indicado na quarta-feira como favorito para secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU) pelo Conselho de Segurança à Assembleia Geral.

O Conselho de Segurança anunciou na quarta-feira que o português foi o "vencedor claro" da votação, recebendo 13 votos de encorajamento e duas abstenções, uma das quais de um dos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança com direito de veto.

Este órgão, com poder de veto, deverá aprovar hoje numa votação formal a indicação do nome de António Guterres para a Assembleia-Geral das Nações Unidas, concretizando assim a eleição do sucessor de Ban Ki-moon.

O novo secretário-geral da organização entra em funções a 1 de janeiro de 2017.