Brasil

Barragem rebenta na Bahia e deixa cidade em "estado de emergência"

Barragem rebenta na Bahia e deixa cidade em "estado de emergência"

Uma barragem rebentou, esta quinta-feira, na cidade de Pedro Alexandre, Brasil, a cerca de 450 quilómetros de Salvador, capital do Estado da Bahia.

De acordo com o portal de notícias "G1", a chuva forte que se faz sentir na região do Rio do Peixe provocou a rutura da estrutura, com o mesmo nome. Até ao momento, não há registo de feridos. A água da barragem chegou à cidade de Pedro Alexandre, que declarou estado de calamidade e emergência, a meio da tarde desta quinta-feira.

As estradas encontram-se intransitáveis devido à quantidade de lama misturada com a corrente da água, o que dificulta atendimento à população.

Segundo a coordenadora da Defesa Civil municipal, Carla Leão, algumas casas da zona foram atingidas pela lama. "Algumas casas foram invadidas, mas não há feridos. (...) Há muita lama e água no caminho. Apesar disso, sabemos que os moradores não foram atingidos porque entrámos em contacto antes, e eles deixaram as casas antes da rutura", afirmou ao G1.

O município vizinho de Coronel João de Sá, localizado a cerca de 450 quilómetros de Salvador, disponibilizou cinco escolas para abrigar os moradores.

A barragem em causa transbordou por volta das seis horas locais (10 horas em Portugal continental) desta quinta-feira, mas a estrutura só cedeu, pelas 11 horas (15 horas).

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o município de Pedro Alexandre tem mais de 16.600 habitantes e Coronel João Sá cerca de 17 mil.