Mundo

Berlusconi sai "orgulhoso" do seu trabalho e espera voltar ao governo

Berlusconi sai "orgulhoso" do seu trabalho e espera voltar ao governo

O ex-primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi declarou-se, este domingo, "orgulhoso" da sua acção durante a crise económica e afirmou querer "retomar o caminho do governo", numa carta enviada a um partido de direita, antes de se demitir.

"Estou orgulhoso do que conseguimos fazer nestes três anos e meio, marcados por uma crise internacional sem precedentes na história", escreve, numa missiva enviada ao secretário nacional do pequeno partido de direita La Destra, que realiza o seu congresso, este domingo, em Turim.

"Partilho das vossas convicções e espero que possamos retomar juntos o caminho do Governo", acrescenta Berlusconi.