O Jogo ao Vivo

Barcelona

Bispos catalães pedem "perdão" e prometem esclarecer casos de abusos a menores

Bispos catalães pedem "perdão" e prometem esclarecer casos de abusos a menores

Os bispos da Catalunha pediram hoje "perdão" pelos abusos a menores feitos por religiosos, manifestando "vergonha e dor" por esses atos que, asseguram, serão esclarecidos e as vítimas ajudadas.

De acordo com um comunicado conjunto, na sequência de uma reunião de dois dias da Conferência Episcopal Tarraconense em Barcelona (Espanha), os bispos condenam "rotundamente" os abusos a menores "e a cultura que os fomenta ou justifica".

"Pedimos perdão às vítimas e solidarizamo-nos com a sua dor, e também a todas as pessoas escandalizadas depois de tomarem conhecimento destes feitos que as fizeram ter dúvidas quanto à sua confiança na Igreja", afirmam os bispos.

Esta posição é tomada alguns dias depois de terem sido conhecidos novos casos de abusos alegadamente da responsabilidade de sacerdotes de Constantí , Arbeca e Vilobí d'Onyar e um monge de Montserrat, povoações catalãs.

Os bispos das dioceses catalãs comprometem-se a atuar "com determinação para proteger crianças e adultos vulneráveis, eliminando todos os tipos de tolerância ou ocultação e erradicar" das suas comunidades toda "a cultura do abuso sexual, económico, de poder e de consciência".

Os responsáveis das dez dioceses catalãs reiteram o seu "firme compromisso com o cumprimento da legislação vigente: canónica e civil".

"Estamos atentos ao que o Papa Francisco, reunido em breve com os presidentes das conferências episcopais do mundo, determine para combater estas ações desonestas e criminosas que tanto afetam a mensagem do Evangelho", acrescentam os prelados.

Os bispos também endossam a orientação do papa no sentido de que "o abuso sexual é um pecado horrível, completamente oposto e em contradição com o que Cristo e a Igreja" ensinam.

A Conferência Episcopal Tarraconense é uma congregação que integra os bispos das províncias eclesiásticas de Tarragona e Barcelona, que compõem o território das comunidades autonómicas da Catalunha e de Valência (Espanha) e Andorra.