Espanha

Bombeiros de Alicante salvam bebé de dois dias atirado para esgotos

Bombeiros de Alicante salvam bebé de dois dias atirado para esgotos

Um bebé de dois dias, preso nos esgotos de um edifício, em Alicante (leste de Espanha), para onde a mãe o tinha deitado após o nascimento, foi encontrado este domingo e encontra-se a salvo, anunciou a polícia espanhola.

"Um vizinho alertou os bombeiros que se ouviam miados provenientes dos esgotos, pensando tratar-se de um gato que estava preso", declarou a polícia de Alicante, em comunicado.

Já no local, os bombeiros e a polícia perceberam que se tratava "do choro de um recém-nascido" e procederam de imediato à operação que permitiu encontrar e recuperar o bebé (...), que ainda tinha o cordão umbilical", acrescentou.

"Os bombeiros salvaram a vida do recém-nascido, que foi embrulhado em sacos plásticos", indicou o comunicado, citado pela agência noticiosa francesa AFP.

O bebé, um rapaz de 2,100 quilogramas, nascido na sexta-feira, foi levado para um hospital local "em estado grave, com um fratura do rádio, no antebraço, e outros ferimentos, mas não corre perigo de vida", sublinhou a polícia.

"O bebé poderá ter ficado preso cerca de 40 horas nos esgotos do edifício", acrescentou.

Após o salvamento do recém-nascido, a polícia deteve a mãe "por tentativa de homicídio".

O comunicado adianta que a mulher, de 26 anos, residia perto do edifício e tinha sido "admitida na sexta-feira, 21 de junho, no hospital geral de Alicante, depois de ter afirmado ter sofrido um aborto em casa".

A mulher, que "aparentemente tentou ver-se livre do bebé", atirando-o para os esgotos, "reconheceu todos os factos, declarando que não queria ficar com a criança e não tinha dinheiro suficiente para abortar", disse ainda a polícia espanhola.

ver mais vídeos