Mundo

Brasil ultrapassa Reino Unido e torna-se a sexta maior economia do mundo

Brasil ultrapassa Reino Unido e torna-se a sexta maior economia do mundo

O Brasil ultrapassou o Reino Unido em 2011 e tornou-se a sexta maior economia do mundo, revela uma consultora britânica especializada em análise económica, num estudo cujas conclusões são, esta segunda-feira, notícia na imprensa britânica.

"O Brasil vence os países europeus no futebol há muito tempo, mas vencê-los na economia é um novo fenómeno. A nossa tabela das maiores economias mundiais mostra que o mapa económico está a mudar", disse o chefe executivo da consultora CEBR (Centro de Investigação em Economia e Negócios), Douglas McWilliams, citado pelo jornal britânico "The Guardian".

Citado pela "BBC", a mesma fonte disse tratar-se de uma tendência crescente: "Penso que faz parte da grande mudança económica, em que vemos, não só uma transferência do ocidente para o oriente, mas também que os países produtores de bens essenciais - alimentos, energia e coisas assim - estão a sair-se muito bem e estão gradualmente a subir na tabela das grandes economias".

Segundo o tablóide "Daily Mail", é a primeira vez que o Reino Unido fica atrás de uma nação sul-americana.

O jornal "The Guardian" escreve que a queda do Reino Unido se deve à crise financeira de 2008 e à consequente recessão, enquanto a economia brasileira beneficiou das exportações para a China.

O estudo conclui ainda que a queda do Reino Unido no ranking das maiores economias continuará nos próximos anos, com a Rússia e a Índia a empurrar o país para a oitava posição.

Segundo o "The Guardian", "a única compensação (...) é que a França vai cair mais depressa" e deverá mesmo ser ultrapassada pelo Reino Unido e ficar em nono lugar em 2020.

Estados Unidos, China, Japão, Alemanha e França, por esta ordem, são os países que antecedem o Brasil na lista das maiores economias mundiais da CEBR.