Bélgica

Bruges inaugura "cervejoduto"

Bruges inaugura "cervejoduto"

A cervejaria belga De Halve Maan apostou num projeto inovador para transportar a cerveja sem poluir o ambiente. E construiu uma conduta em Bruges.

Desde esta sexta-feira, milhares de litros de cerveja da De Halve Maan estão a ser bombeados pelas entranhas da cidade de Bruges, na Flandres, cujo centro histórico é protegido pela UNESCO. A cerveja é levada à fábrica de engarrafamento através de uma conduta com três quilómetros, que pode transportar cerca de quatro mil litros de líquido por hora, o equivalente a 12 mil garrafas.

O "cervejoduto" foi construído ao longo de cinco meses, conta a agência Reuters, e vai libertar a cidade medieval dos pesados camiões que, anteriormente, distribuíam a cerveja. Custou quatro milhões de euros, parte dos quais arrecadados através de uma ação de financiamento colaborativo (crowdfunding). Aqueles que contribuíram com o valor de 7500 euros serão recompensados com uma garrafa de Brugse Zot todos os dias.

O governo regional da Flandres também contribuiu para o projeto. Para o presidente da câmara da cidade, Renaat Landuyt, é importante encontrar soluções para os problemas de mobilidade, já que a entrada de camiões na cidade histórica põe em risco as ruas e os edifícios.

A ideia parecia inicialmente louca, contou o diretor administrativo da empresa, Xavier Vanneste, até ver os trabalhadores da cidade a colocar cabos subterrâneos e analisar o local. Acrescentou ainda que poderia ter mudado a empresa de produção para perto do local de engarrafamento e manter a velha fábrica como museu, mas preferiu encontrar uma solução para que a cerveja continuasse a ser produzida na cidade velha.

Imobusiness