Mundo

Cão não abandona caixão de dono morto pelo sismo em Itália

Cão não abandona caixão de dono morto pelo sismo em Itália

Um cão permaneceu junto ao caixão do dono, que morreu na sequência do sismo que atingiu o centro de Itália, na quarta-feira, até ao momento do funeral.

O homem, cuja identidade é desconhecida, foi colocado num caixão, junto a outros, num ginásio feito casa mortuária, antes de um funeral de outras vítimas do sismo em Itália.

Na imagem, o cão, um "cocker spaniel", visivelmente triste, deita-se, em silêncio, ao lado do caixão, até ao momento do funeral, este sábado, dia de luto em Itália.

O homem, que se presume ter morrido em Accumoli, é uma das 281 vítimas mortais confirmadas do sismo de 6.2 que atingiu Itália.

A Proteção Civil contabilizou 221 mortos em Amatrice, 49 em Arquata del Tronto e 11 em Accumoli. O terramoto provocou 388 feridos.