O Jogo ao Vivo

EUA

Casados há 63 anos morrem com minutos de diferença

Casados há 63 anos morrem com minutos de diferença

Herny e Jeanette de Lange, da Dakota do Sul, nos EUA, morreram no final de julho, em casa, com pouco tempo de diferença. Estavam casados há 63 anos.

A história deste casal norte-americano é digna de um verdadeiro conto de fadas. Depois de uma vida ao lado um do outro, morreram ambos no dia 31 de julho com cerca de 20 minutos de diferença.

À CNN, Lee De Lange, filha do casal, falou de um acontecimento divino. Jeanette, que sofria de Alzheimer, morreu às 17.10 horas num momento em que estava reunida com a família a ler a Bíblia: "Estávamos a ler o salmo 103, que não chegámos a terminar. Morreu em paz".

Um outro filho contou ao pai, Henry, que Jeanette tinha morrido e que este não precisava de lutar mais contra o cancro na próstata que enfrentava. "O meu irmão disse-lhe que ele podia reunir-se com a mulher se assim fosse a sua vontade", explicou Lee.

Às 17.30 horas, 20 minutos depois do óbito de Jeanette, Henry morreu.