Reino Unido

Casal matou a filha por causa de crime de honra

Casal matou a filha por causa de crime de honra

Um casal paquistanês residente em Cheshire, Inglaterra, foi, na sexta-feira, condenado a prisão perpétua por ter matado a própria filha. Shafilea Hamed, de 17 anos, foi vista pela última vez com vida em setembro de 2003.

O seu corpo seria encontrado numa das margens do rio Kent em fevereiro do ano seguinte em avançado estado de decomposição.

Em 2011, os pais foram acusados de a terem asfixiado com um saco de plástico. Na sexta-feira, declararam-se culpados em tribunal. Shafilea foi morta porque o casal considerou que ela desonrava a família ao comportar-se segundo a cultura ocidental.

Conteúdo Patrocinado