Inglaterra

Casal tem bebé após grupo de Facebook pagar tratamento de fertilização

Casal tem bebé após grupo de Facebook pagar tratamento de fertilização

Um casal, que foi submetido a um tratamento de fertilização in vitro, pago por um grupo do Facebook, foi pai de uma menina, em Inglaterra.

Marisha Chaplin, de 26 anos, e Jon Hibbs, de 29 anos, de Cotgrave, Nottinghamshire, foram pais de uma menina após um tratamento de fertilização, custeado por uma angariação de fundos promovida na rede social Facebook.

O casal, que já tinha passado por dificuldades para ter o primeiro filho, não tinha dinheiro suficiente para pagar pelo novo tratamento. Foi, então, que entrou em ação um grupo de mulheres que se conheceram nas redes sociais. Secretamente, conseguiram juntar mais de dois mil euros, sem nunca terem conhecido Marisha.

Marisha foi surpreendida pela dádiva, fez um novo tratamento e teve a sua segunda filha no sábado, por cesariana. À BBC, a jovem mãe não escondeu a alegria do momento: "Eu escrevi-lhes a agradecer logo no sábado de manhã quando ainda estava sob o efeito de medicação por causa da operação".

Marisha soube desde muito cedo que iria ter dificuldades em ter filhos devido aos tratamentos agressivos a que teve de se submeter para combater o cancro. Foi em 2007, durante os tratamentos, que conheceu o futuro marido. O casal começou a tentar ter filhos quando Marisha só tinha 16 anos.

Aos 23 anos iniciou os tratamentos com óvulos doados e a primeira filha, Evie, nasceu em maio de 2016. Foi por essa altura que Marisha se juntou a um grupo de mães no Facebook que também tinha feito tratamentos de fertilização. Aí, a mulher demonstrou interesse em ser mãe novamente, apesar das dificuldades financeiras do casal.

Várias pessoas desse grupo juntaram-se e angariaram o dinheiro suficiente para ajudar o casal a fazer novo tratamento, usando os embriões congelados que sobraram do primeiro tratamento.

ver mais vídeos