Mundo

Catalunha vota independência a 9 de novembro

Catalunha vota independência a 9 de novembro

Os partidos políticos na Catalunha chegaram a acordo para realizar um referendo sobre a independência desta região no nordeste de Espanha no dia 09 de novembro de 2014, anunciou, esta quinta-feira, o chefe do governo regional, Artur Mas.

"Querem que a Catalunha se transforme num Estado?", é a pergunta a que os catalães irão responder no referendo, que não conta com a autorização do governo espanhol.

Segundo Mas, os partidos decidiram que haverá uma segunda pergunta, em que será pedida a opinião dos cidadãos que tenham respondido afirmativamente sobre se querem que Estado seja "independente".

O presidente do governo regional comparaceu na galeria gótica do Palácio da Generalitat acompanhado por responsáveis dos vários partidos envolvidos no acordo: Oriol Junqueras (ERC), Joan Herrera (ICV), Joana Ortega e Ramon Espadaler (UDC), Joan Mena (EUiA) e David Fernández y Quinm Arrufat (CUP).

O acordo para celebrar a consulta em 2014 não conta com o aval do Governo espanhol e foi rejeitado pelo PPC, Ciutadans e UPyD.

O PSC é favorável ao direito de decidir e a celebrar uma consulta na Catalunha, mas há algumas semanas demarcou-se da frente pró-consulta argumentando que o processo não pode continuar sem uma negociação e um acordo prévio entre a Generalitat (governo catalão) e o Governo espanhol, algo que não se verifica neste momento nem há perspetiva de que venha a existir.

Os partidos envolvidos convocaram reuniões das suas direções para hoje à tarde e conselhos nacionais para sexta-feira para ratificar o acordo.

ver mais vídeos