Vídeo

Colisão entre aviões da Força Aérea indiana mata piloto

Colisão entre aviões da Força Aérea indiana mata piloto

Dois aviões da Força Aérea indiana colidiram e caíram, esta terça-feira, durante um treino de demonstração para a 12º edição do Aero Índia, evento de exibição de acrobacias aéreas marcada para quarta-feira. Um piloto morreu.

Um dia antes do Aero Índia 2019, dois aviões da equipa de acrobacias da Surya Kiran colidiram na Estação da Força Aérea de Yelahanka, em Bengaluru.

De acordo com a organização do evento, HAL, a equipa pertencia à Força Aérea de Bidar e estava a praticar para o evento de quarta-feira quando a asa de um dos aviões atingiu outra.

Um piloto morreu no acidente e dois ficaram feridos. "Um dos pilotos tem ferimentos em ambas as pernas e foi transferido para a sala de cirurgia, enquanto alguns exames estão a ser realizados ao outro piloto", disse uma fonte ligada ao caso citada pelo jornal "Times Of India".

As autoridades estão a investigar as causas do acidente desta terça-feira.

Há quatro anos, exatamente no mesmo dia, 19 de fevereiro, dois aviões da equipa Flying Bulls colidiram em pleno voo sobre a pista da Estação da Força Aérea de Yelahanka. Nesse caso, não houve vítimas a registar, tendo os pilotos aterrado em segurança.