Espanha

Colisão no ar entre héli e ultraligeiro faz sete mortos em Maiorca

Colisão no ar entre héli e ultraligeiro faz sete mortos em Maiorca

Sete pessoas, incluindo dois menores de idade, morreram, este domingo, em Maiorca, Espanha, após a colisão no ar entre um helicóptero e uma aeronave ultraligeira.

O acidente aéreo ocorreu às 13.35 horas locais (12.35 horas em Portugal continental) no município de Inca, em Maiorca.

No ultraligeiro seguiam dois ocupantes e no helicóptero viajava um casal alemão e os dois filhos menores, além do piloto. Não houve sobreviventes. Inicialmente foi avançada a existências de cinco vítimas mortais.

Às 15 horas (14 horas em Portugal continental) os bombeiros de Maiorca estavam ainda nas operações de combate às chamas dos destroços dos aparelhos, que ficaram espalhados pelo solo numa extensão equivalente a uma campo de futebol (um hectare). Um dos aparelhos caiu a cinco metros de uma habitação e o outro a cerca de dez metros de outra casa. "O estrondo foi horrível", relatou um vizinho ao jornal local "Diário de Mallorca".

A Guardia Civil vai investigar as causas do acidente, do qual não houve sobreviventes.

A colisão ocorreu num espaço de livre circulação, abaixo dos dois mil pés de altitude.

Mulher de piloto assistiu

A avioneta pertencia à empresa Aeroprakt e, segundo fontes do governo das Baleares, descolou do aeródromo de Binissalem com dois adultos de nacionalidade espanhola para a realização de um voo local. Os ocupantes eram dois amigos. A mulher do piloto estava no aeródromo e assistiu à queda do aparelho que vitimou o marido.

O helicóptero, do modelo Bell 126, que pertencia à empresa RotorFlug, partiu do aeródromo de Son Bonet (Marratxí) com um italiano a bordo com voo previsto até uam quinta em Inca. Terá recolhido depois a família de pai, mãe e dois filhos menores.

A responsável das Baleares, Francina Armengol, expressou na rede social Twitter a sua "preocupação e comoção".

Também o primeiro-ministro Pedro Sánchez expressou a sua "solidariedade para com as famílias das vítimas que perderam a vida neste trágico acidente".