Espanha

"Condutor kamikaze" morre após conduzir 50 km em contramão a 200 km/hora

"Condutor kamikaze" morre após conduzir 50 km em contramão a 200 km/hora

Um condutor morreu, na segunda-feira, em Espanha, na zona de Gijón, num acidente que envolveu três viaturas, depois de ter circulado 50 quilómetros em sentido contrário a 200 km/h.

Além da morte do condutor, de 52 anos, ficaram, ainda, feridas cinco pessoas, entre elas dois meninos de quatro e cinco anos. Segundo escreve o jornal "El País", o serviço de emergência avisou a Guardia Civil de que estava a circular na auto-estrada, em Gijón, um carro sem sentido contrário.

A Guardia Civil montou de imediato uma operação para tentar inteceptar o condutor. O homem ainda esteve a circular cerca de 50 quilómetros em sentido contrário e, segundo as primeiras conclusões da investigação, no momento do acidente, o condutor seguia a 200 km/hora.

O carro acabaria por chocar contra outro automóvel que seguia no sentido correto, provocando mais colisões. Há a registar dois feridos graves e três ligeiros.

Até ao momento, não foi possível perceber se o condutor seguia com álcool no sangue.