Paris

Curto-circuito em elevador de andaime terá causado fogo em Notre-Dame

Curto-circuito em elevador de andaime terá causado fogo em Notre-Dame

As autoridades francesas que estão a investigar o incêndio na Catedral de Notre-Dame estão a privilegiar a hipótese de curto-circuito num elevador dos andaimes das obras.

A informação foi avançada pelo jornal "Le Parisien", que cita fontes ligadas à investigação, e que adianta que as chamas terão tido origem na base do pináculo ruído às primeiras horas do incêndio. Depois de se terem propagado às águas-furtadas do edifício, as chamas queimaram dois terços do telhado, destruindo mil metros quadrados de madeira de carvalho.

As obras em curso no templo religioso, adianta o jornal francês, contavam com 500 toneladas de andaimes, que deveriam ser servidos, a prazo, por três elevadores. Terá sido num desses elevadores que se registou o curto-circuito que viria a espoletar a tragédia parisiense.

Ainda segundo o diário, um erro informático terá atrasado o combate ao fogo. Isto porque o primeiro alerta para o incêndio foi dado cerca das 18.20 horas locais (17.20 horas em Portugal continental), mas os operacionais foram direcionados para outro local da Catedral.