Premium

Denúncias de violações em grupo disparam em Espanha

Denúncias de violações em grupo disparam em Espanha

Associações feministas acreditam que as mulheres cada vez mais se atrevem a tornar pública a violação.

O caso mais recente tem apenas uma semana e voltou a provocar indignação em Espanha. Uma jovem de 18 anos foi violada por um grupo de seis homens entre os 18 e os 36 anos, conhecido como a "Manada" de Bilbau, no País Basco. A designação faz referência ao mediático caso de há três anos em Pamplona, quando uma jovem foi agredida sexualmente por cinco homens que comunicavam através do um grupo de WhatsApp "La Manada".

No entanto, desde que aquela violação saltou para os meios de comunicação que o número de casos de agressões em grupo não parou de crescer. Desde 2016, Espanha contabiliza 134 denúncias de violações múltiplas, sendo que só em 2019 já se registaram 42. Os dados constam de um estudo publicado no site Geoviolência Sexual, que concluiu ainda ter sido julho passado o mês com maior registo de agressões sexuais em grupo, com um total de nove.