EUA

Desaparecido há 10 anos, foi encontrado morto atrás do frigorífico

Desaparecido há 10 anos, foi encontrado morto atrás do frigorífico

Um homem dado como desaparecido nos EUA, em 2009, foi encontrado, sem vida, atrás de um frigorífico no supermercado onde trabalhava e que fechou em 2016.

O caso teve lugar no Estado do Iowa e o corpo, que foi encontrado em janeiro, só agora foi identificado. É Larry Ely Murillo-Moncada, um antigo empregado do supermercado "No Frills en Council Bluffs", reportado como desaparecido em novembro de 2009.

Os investigadores usaram o ADN dos seus pais para confirmar a identidade do homem. Além disso, a roupa que a equipa de investigação encontrou coincide com aquela que Larry usava no momento em que foi dado como desaparecido.

"Este tipo de situações não é assim tão comum", disse, citado pela CNN, Brandon Danielson, da polícia local, que, em 2009, assumiu a investigação. "Temos muitos casos de pessoas desaparecidas, mas este é verdadeiramente único", explicou.

Fuga sem regresso após surto

O desaparecimento de Larry foi comunicado após o dia de Ação de Graças, a 26 de novembro. De acordo com os pais, o rapaz deixou a casa descalço após um surto, que pode estar relacionado com os medicamentos que tomava na altura do incidente.

A equipa que estava a tratar da desmontagem das prateleiras do supermercado deu com o corpo do homem, atrás de um frigorífico com cerca de 3,6 metros de altura.

As autoridades acreditam que o homem terá caído para trás do eletrodoméstico e que devido ao ruído do aparelho ninguém terá ouvido os pedidos de ajuda.

A autópsia não revelou qualquer indício de crime, sendo que o caso está a ser tratado como um acidente.