Inglaterra

Montanha-russa parou e deixou passageiros presos a 30 metros de altura

Montanha-russa parou e deixou passageiros presos a 30 metros de altura

Dezenas de visitantes do parque de diversões Alton Towers ficaram presos numa montanha-russa a 30 metros do solo. A atração só voltou a andar 20 minutos depois, numa altura em que Inglaterra atravessa uma onda de calor.

Testemunhas que estavam no parque de diversões Alton Towers viram a atração chamada "The Smiler" parar, na terça-feira à tarde, deixando as pessoas que viajavam nesse momento suspensas por 20 minutos.

A seguir ao incidente, uma equipa técnica esteve a trabalhar na atração de forma a perceber se podia continuar a operar. O parque temático de Staffordshire adiantou, ainda na noite de terça-feira, que a montanha-russa já estava funcional.

Tal como outras montanhas-russas, a "The Smiler" tem sensores posicionados ao longo dos carris que fazem a carruagem parar se detetar alguma anomalia.

Um porta-voz do parque de diversões lamentou o sucedido: "Pedimos desculpas a todas as pessoas afetadas pela paralisação na The Smiler. A nossa equipa falou com todos a bordo e vamos oferecer bilhetes de entrada para o parque como compensação".

O parque Alton Towers foi multado em 2016 depois de 16 pessoas ficarem feridas naquela montanha-russa no ano anterior. Dois jovens, de 19 e 17 anos, perderam uma perna cada um nesse incidente.