Canadá

"Dragão congelado". Identificado um dos maiores animais voadores da História

"Dragão congelado". Identificado um dos maiores animais voadores da História

Um dos maiores animais voadores de sempre, com uma envergadura de 10 metros e 250 quilogramas, foi identificado no Canadá a partir de fósseis descobertos há 30 anos na província de Alberta.

A descoberta paleontológica foi divulgada na revista especializada norte-americana "Jornal de Paleontologia de Vertebrados".

A espécie de pterossauro, batizada Cryodrakon boreas ("Dragão congelado"), viveu há cerca de 77 milhões de anos e só rivaliza em tamanho com a de outro pterossauro conhecido, o Quetzalcoatl, com uma envergadura de 10,5 metros, descoberto no Estado norte-americano do Texas.

"O animal, quando era vivo, não era um dragão congelado. Terá voado por uma paisagem razoavelmente temperada, mas muito mais quente do que o centro de Alberta agora", explicou Mike Habib, paleontólogo da Universidade do Sul da Califórnia e co-autor do estudo, justificando o nome com o qual a espécie foi batizada.

Como outros répteis voadores do período Cretáceo, o Cryodrakon boreas era carnívoro, alimentando-se provavelmente de lagartos, pequenos mamíferos ou até crias de outros dinossauros.