Espanha

"El Aaiún está em estado de sítio"

"El Aaiún está em estado de sítio"

"El Aaiún está em estado de sítio" garantem os dois activistas espanhóis que regressaram da cidade do Sara Ocidental, onde testemunharam a acção da polícia marroquina sobre os cidadãos sarauí.

Javier Sopeña e Silvia García, membros da Organização Não Governamental Thawra, que defende os direitos do povo do Sara Ocidental, explicaram, ontem, numa conferência de imprensa, que "a polícia marroquina está a sequestrar, deter e torturar os sarauí".

Os dois activistas não acreditam que uma solução pacífica para este velho conflito seja viável e sublinham: "A via das armas é legítima quando o invasor não entende a via diplomática. Contudo, "Marrocos tem mil armas perante os paus e a pedras com que se defendem os sarauí", acrescentam.

Javier Sopeña e Silvia García asseguram ainda que o Governo espanhol tinha conhecimento do ataque ao acampamento, acusando o Executivo de mentir e de nada fazer para travar a violência.

Neste momento, segundo o jornal "El Mundo", há centenas de jovens dispostos a lutar pela independência sarauí. Concentrados a cerca de 50 quilómetros da fronteira do Sara Ocidental, apelam à Frente Polisário que lhes dê armas para a guerra.

ver mais vídeos