Mundo

Embaixador diz que guerra nuclear na Coreia pode começar a todo instante

Embaixador diz que guerra nuclear na Coreia pode começar a todo instante

O número dois da representação diplomática da Coreia do Norte nas Nações Unidas (ONU) afirmou na segunda-feira que uma guerra nuclear na península coreana "pode começar a qualquer momento".

Kim In Ryong afirmou na comissão para o Desarmamento da ONU que a Coreia do Norte é o único país no mundo que foi sujeito a uma "tão extrema e direta ameaça nuclear" pelos Estados Unidos desde os anos 1970, adiantando que o país tem o direito de possuir armas nucleares para se defender.

Apontou para os exercícios militares em larga escala feitos pelos EUA, usando "ativos nucleares", e acentuou que o mais perigoso é o que designou como um plano norte-americano para montar "uma operação secreta para a remoção da liderança suprema" norte-coreana.

Este ano, afirmou Kim, a Coreia do Norte "tornou-se um poder nuclear, que possui capacidade de projeção com vários alcances, incluindo a bomba atómica, a bomba de hidrogénio e mísseis balísticos intercontinentais", acentuando que "a totalidade do território continental dos EUA" está ao alcance da Coreia do Norte.

"Se os EUA ousarem invadirem o nosso sagrado território não escaparão ao nosso severo castigo em qualquer parte do mundo", assegurou.