Polémica

Emma Watson surge nos Documentos do Panamá

Emma Watson surge nos Documentos do Panamá

O nome da atriz Emma Watson apareceu na mais recente lista dos "Documentos do Panamá", por ter usado uma empresa offshore para comprar uma mansão.

A atriz, mais conhecida pelo seu papel em Harry Potter, comprou uma casa em Londres em 2013, um mês após criar uma entidade chamada "Falling Leaves", nas Ilhas Virgens Britânicas.

Segundo um porta-voz da atriz, a offshore foi criada com intuito de "proteger o anonimato e a segurança" de Emma Waston, e não para fugir aos impostos.

"A Emma não recebe qualquer vantagens monetárias ou de impostos desta companhia offshore, apenas privacidade", disse o porta-voz ao jornal "The Telegraph".

"As empresas britânicas são obrigadas a divulgar detalhes dos seus acionistas e não dão o anonimato necessário para proteger a segurança pessoal dela, que tem sido posta em causa no passado por essa informação estar disponível para o público. As empresas "offshore" não publicam esses detalhes", esclareceu o porta-voz.

A atriz encontra-se neste momento a tirar uma pausa da representação e está a focar-se na campanha feminista "He for She".

ver mais vídeos