EUA

Engenheiro alertou para fissuras na ponte em Miami mas mensagem só foi ouvida depois

Engenheiro alertou para fissuras na ponte em Miami mas mensagem só foi ouvida depois

Um engenheiro da empresa que desenhou a ponte pedonal que colapsou na quinta-feira sobre uma autoestrada provocando seis mortos, em Miami, nos Estados Unidos da América, alertou dois dias antes para uma fissura na estrutura.

O Departamento de Transportes da Florida informou que W. Denney Pate, da empresa FIGG e engenheiro principal do projeto, deixou na terça-feira uma mensagem de voz com o alerta no telefone fixo de um funcionário daquela agência estatal, que estava ausente, pelo que só a ouviu depois.

Na mensagem, divulgada na sexta-feira, o engenheiro fez saber da existência da fissura no extremo norte da ponte, adiantando que "numa perspetiva de segurança" não constataram nenhum problema, pelo que não estavam preocupados.

"Obviamente a fissura não é [uma situação] boa e algo tem de ser feito, você sabe, para a reparar", adiantou o engenheiro na mensagem de voz.

Para o Departamento de Transportes da Florida, a responsabilidade para "identificar e abordar" questões relacionadas com riscos para a vida e a sua correspondente comunicação é "exclusiva" da equipa que desenhou a ponte.

Seis pessoas morreram e dez foram hospitalizadas na sequência da queda da ponte que estava a ser construída para garantir maior segurança na via.

A ponte pedonal tinha por objetivo ligar os edifícios de apartamentos de estudantes de Sweetwater, onde vivem cerca de 4.000 alunos, com o campus principal da Universidade Internacional da Florida.

A estrutura começou a ser construída na primavera de 2017 e a sua conclusão estava prevista para o início de 2019, noticia a agência EFE.

ver mais vídeos