Espanha

Espanha dá vistos de residência para quem compre casas de mais de 160 mil euros

Espanha dá vistos de residência para quem compre casas de mais de 160 mil euros

Espanha vai conceder vistos de residência a estrangeiros não comunitários que comprem uma casa com um valor superior a 160 mil euros, anunciou o secretário de Estado do Comércio, Jaime García-Legaz.

"Em poucas semanas avançaremos com uma reforma do decreto de estrangeiros para conceder vistos de residência a quem compre uma casa em Espanha a partir de um certo valor", disse García-Legaz que falava no "El Ágora de El Economista", organizado em colaboração com a Ernst&Young e a Promarca.

O secretário de Estado explicou que esse valor mínimo será de 160 mil euros, preço que considerou "equilibrado".

"Não se pode estabelecer um valor mais baixo porque isso levaria uma procura massiva de pedidos de residência e a compra da casa seria uma desculpa para os conseguir", afirmou.

A medida, explicou, distingue-se particularmente a mercados como o russo e o chinês, nos quais já se deteta uma "procura importante de casas em Espanha".

Esta é uma das medidas em que o Governo espanhol está a trabalhar para reduzir o "excesso de 'stock' de casas em Espanha", procurando compradores nos mercados exteriores.

Espanha, disse García-Legaz, tem um mercado interessante devido à queda dos preços.

Imobusiness