Doença

Espanha enfrenta surto de listeriose. Há já uma vítima mortal

Espanha enfrenta surto de listeriose. Há já uma vítima mortal

Mais de 100 pessoas foram infetadas, até ao momento, com a bactéria da listeriose, em Espanha, segundo dados oficiais divulgados na terça-feira. Um dos 114 doentes morreu. O alerta sanitário está ativo desde a passada quinta-feira.

A origem do problema está identificada. Trata-se de um lote de carne assada da marca "La Mechá", fabricada pela Magrudis, empresa sediada em Sevilha, e que foi encerrada para prevenir a propagação do problema e a investigação da causa do surto. O produto foi retirado do mercado.

A Direção Geral de Alimentação e Veterinária esclareceu, esta quarta-feira, que a carne contaminada com a bactéria 'Listeria monocytogenes' não é comercializada em Portugal.

Mas o que é a listeriose e que sintomas origina? É uma infeção alimentar adquirida através do consumo de produtos contaminados pela bactéria Listeria Monocytogenes. Esta bactéria sobrevive mesmo nas baixas temperaturas de um frigorífico e pode ser muito resistente. Além da carne, normalmente processada, pode estar presente em queijos feitos de leite não pasteurizado e leite. A origem da contaminação não está no animal, mas algures no processo de transformação dos produtos.

A doença não é contagiosa. Pode começar por manifestar-se com sintomas semelhantes aos de uma gripe, o que potencia uma certa desvalorização da situação clínica. Em casos limite, é letal. A taxa de mortalidade ronda os 20%. Detetada precocemente, o seu tratamento é simples e eficaz, sobretudo em pessoas saudáveis.

Há grupos de risco. Os idosos, por apresentarem um sistema imunitário mais fragilizado, na generalidade dos casos; e as grávidas, já que a bactéria atinge a placenta e pode causar o aborto.

Em Espanha, uma senhora de 90 anos morreu, na terça-feira, depois de ter contraído listeriose. Há 18 grávidas hospitalizadas e dois recém-nascidos internados. Além disso, está a decorrer uma investigação das causas de dois abortos. O surto afetou, sobretudo, a região da Andaluzia, mas há casos registados nas regiões da Extremadura, Madrid e Catalunha.

A Imprensa espanhola não poupa notícias sobre a matéria. As autoridades de Saúde aconselham a limpeza regular do frigorífico e de objetos usados em alimentos crus, a não ingestão da casca de queijos moles e a ferver o leite antes de o beber.