Meteorologia

Estes são os nomes das próximas tempestades que vão passar por cá

Estes são os nomes das próximas tempestades que vão passar por cá

Adrian, Beatriz e Carlos...Estes são apenas três exemplos de nomes que podem ser usados para denominar as próximas tempestades a atingirem a Europa.

Os meteorologistas norte-americanos usam nomes para identificar os diversos ciclones que afetam o país, desde 1950, para, assim, facilitarem a comunicação e as mensagens de prevenção junto da população. Durante muitos anos, foram os próprios marinheiros a batizarem as intempéries, mas esse tipo de classificação nunca foi oficial.

Em solo europeu, entre 1954 e 2017, este era um trabalho da responsabilidade da Universidade Livre de Berlim. Agora, as tempestades que afetam a Europa são nomeadas com base em duas listas de nomes preestabelecidos pelos serviços meteorológicos de dois grupos de três países: França, Espanha e Portugal de um lado, e o Reino Unido, Holanda e Irlanda do outro.

Quando um dos três serviços meteorológicos - IPMA, Aemet ou Météo-France - ativar um aviso laranja ou vermelho devido à aproximação de uma tempestade deverá denominar o fenómeno de acordo com a lista pré-definida. O nome utilizado será da lista do grupo de países que é atingido primeiro pela tempestade. Mesmo que a tempestade atinja depois um país do outro grupo o nome mantém-se.

França, Espanha e Portugal: Adrian, Beatriz, Carlos, Diana, Etienne, Flora, Gabriel, Helena, Isaias, Julia, Kyllian, Laura, Miguel, Nicole, Oscar, Patricia, Roberto, Sara, Teo, Vanessa e Walid.

Reino Unido, Holanda e Irlanda: Ali, Bronagh, Callum, Deirdre, Erik, Freya, Gareth, Hannah, Idris, Jane, Kevin, Lily, Max, Niamh, Oliver, Peggy, Ross, Saoirse, Tristan, Violet e Wyn

ver mais vídeos